ESPINHOS

19/01/2012 07:27

 

            Cada dia, nossa meta deve ser estar mais perto de Cristo. Ser mais parecidos com Ele. Nosso Senhor é capaz de nos sustentar. Ele é capaz de curar nossas dores e nos dar paz e amor. “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.(Jo 16:33) O Senhor não nos prometeu que, se obedecido, nos concederia fama, fortuna ou tudo o que quiséssemos. Ele prometeu que nunca nos deixaria e nem nos abandonaria. Sua força é suficiente! Sua graça basta para nos fortalecer a continuar caminhando.

            Ah, e os espinhos no caminho, que ferem nossos pés e atrapalham a caminhada... Quão mais fácil seria a vida sem eles! Mas os espinhos estão lá com um propósito: para que aprendamos que a graça de Deus é suficiente. Que Seu poder se aperfeiçoa na nossa fraqueza. É através das provações e dificuldades que conhecemos a Deus. É na fraqueza de nossa humanidade que ele se mostra forte. Muitas vezes, os espinhos podem ser uma bênção disfarçada.

            Há muitas coisas na vida que podem ser espinhos. Talvez uma enfermidade suportada há anos, ou más notícias sobre um familiar ou amigo. Talvez dificuldades financeiras, ou um ente querido que te fere com palavras e atos. Pode ser alguém que traiu sua confiança e despedaçou seu coração. Também podem ser filhos rebeldes e desobedientes. O espinho pode ser nossa criação. Palavras que pronunciamos e que se voltam contra nós. Decisões erradas que tomamos quando não ouvimos a voz de Deus. Erros no passado que determinaram onde estamos hoje. Fraquezas em nossas vidas ou nosso testemunho que nos fazem pensar que não somos dignos.

            Seja qual for a origem do espinho, temos alguém que nos dá a graça de suportar. Não só de suportar, mas de vencer também. Pois é nas nossas fraquezas que o poder de Deus se mostra maior. É através de nossos espinhos que Ele nos torna fortes. E é através dos nossos vales que Ele nos leva para as montanhas. Comecemos hoje a agradecer ao Senhor todas as bênçãos que Ele nos deu. Certamente, podemos encontrar inúmeras bênçãos ao nosso redor. Algumas situações são grandes e maravilhosas bênçãos, enquanto outras dificilmente podem ser vistas como bênçãos, mas se perseverarmos veremos como estamos sendo transformados através das provações. “Por isso, por amor de Cristo, alegro-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois quando sou fraco é que sou forte.”(2 Co 12:10)

            Graça e paz!

            Aurélia Cabral Cezar


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!