XEQUE-MATE!

08/01/2012 16:27

            Jogadores de xadrez passam horas ponderando qual deve ser o próximo movimento e as possíveis consequências. Eles têm uma visão de jogo como um todo, como todas as peças se movem e podem ser dirigidas para se chegar à vitória. Quem não entende o jogo, vê apenas um monte de peças brancas e pretas com estranhos formatos em um tabuleiro xadrez, sem ver o que o mestre do xadrez vê - como tudo funciona em conjunto.

            Nossas vidas são como um jogo de xadrez: pedaços com estranhas formas colocadas aqui e ali no tabuleiro da vida. Nós não vemos o conjunto, o projeto, toda a cena como o mestre do xadrez. Nós não vemos o caminho até o rei: muitas vezes, nossa visão está bloqueada por uma torre ou um peão. Nós não vemos o infinito de possibilidades, pois estamos cercados por trás e pela frente. Mas Deus é aquele que vê o caminho, que conhece todas as possibilidades, que pode ver o quadro inteiro e o único que pode nos salvar de armadilhas ocultas. “Derramo diante dele o meu lamento; a ele apresento a minha angústia. Quando o meu espírito desanima, és tu quem conhece o caminho que devo seguir. Na vereda por onde ando esconderam uma armadilha contra mim.”(Sl 142:2-3)

            As peças do xadrez são como as situações em nossas vidas. Devemos permitir que Deus estabeleça a ordem de nossos passos. Embora possamos estar perdidos e sem direção, o Mestre sabe o caminho a seguir. Às vezes, como no xadrez, precisamos nos movimentar para trás, ficar parados ou recuar. Isso pode nos deixar confusos e perplexos, nos fazendo duvidar de nós mesmos e de nossa fé. Mas o que pode parecer um recuo para nós pode ser uma manobra misericordiosa de nosso Deus. Pode haver uma peça ou um obstáculo em nosso caminho que precise ser removido. Ou pode ser Sua infinita sabedoria e amorosa mão protegendo-nos de uma batalha para a qual não estamos preparados.

            Deus conduz os acontecimentos e circunstâncias em nossa vida para o nosso bem e Sua glória. Deus vê o que não vemos e ele move as circunstâncias de nossas vidas de seu ponto de vista superior. “Em todas as coisas Deus trabalha para o bem daqueles que o amam, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”(Rm 8:28) Quando nos sentirmos encurralados, contra a parede, devemos ter a coragem de confiar em sua sabedoria. Seja qual for o motivo, ele sabe o caminho. Podemos segui-lo.

            Graça e paz!

            Aurélia Cabral Cezar


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!