SOZINHA EU NÃO CONSIGO!

21/06/2013 13:04

 

Tenho refletido que sem Deus eu não sou nada. No entanto, mais do que isso, sem Deus não tenho força para seguir Seu caminho. Nós temos capacidade de fazer o necessário para sobreviver no dia a dia. Tudo funciona quando estamos a lidar com as coisas cotidianas. Mas se escolhemos seguir a Cristo, viver seus princípios, obedecer ao que Ele ensinou encontramos dificuldades e oposição. Temos um inimigo que está determinado a nos afastar de Deus e seus preceitos. É então que percebemos: estamos perdidos sem nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

Jesus nos diz que sempre estará conosco, mas às vezes nos sentimos oprimidos, fazendo tudo que podemos, mas os problemas são imensos, nos sufocam. O medo nos paralisa. Na Bíblia, a carta de Paulo à igreja de Corinto nos dá esperança: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias, Deus de toda consolação, que nos consola em nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação.” (2 Co 1:3-5)

Conforto... Quando clamamos a Deus, Seu conforto flui através de nós, nos levanta e dá nova direção. Deus nos conforta nos dias difíceis. Da mesma maneira, quando nosso irmão passa por experiências más, podemos dividir o conforto que recebemos de Deus para ajudá-lo a passar por dificuldade semelhante. Por isso o Corpo de Cristo, a família da Igreja é tão importante. Paulo fala como Deus ministra conforto através dos outros: “Mas Deus, que consola os abatidos, consolou-nos com a chegada de Tito, não só com a vinda dele, mas também com a consolação que vocês lhe ministraram. Ele nos falou da saudade, da tristeza e da preocupação de vocês por mim, de modo que a minha alegria se tornou ainda maior.” (2 Co 7:6-7)

Paulo fala do papel da igreja no fortalecimento de Tito, que ajudou a fortalecer Paulo em seus próprios problemas. Deus ministrando diretamente nos conforta, mas Ele também trabalha através de nossos irmãos para nos orientar, aconselhar e confortar. Então, quando surgirem momentos de desespero, dobremos nossos joelhos, clamando a Jesus, nosso Senhor e Salvador. Também busquemos apoio nos irmãos, para que Deus trabalhe em nós através dos outros para nos dar o conforto que precisamos nos momentos de maior dificuldade. Jesus Cristo é o Deus de toda consolação. Ele vai nos conduzir através dos tempos difíceis. Busquemos a sua face e seu conforto. Ele nunca nos faltará. “...Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28:20 b)

Graça e paz, pois “nada é impossível para Deus”. (Lc 1:37)

Aurélia Cabral Cezar


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!